A SOCIEDADE DOS RICOS SEM DINHEIRO: IDEOLOGIA, HEGEMONIA - download pdf or read online

By CLEBERSON EDUARDO DA COSTA

I
Foram e, ainda hoje - no alvorecer do séc. XXI - são muitos aqueles que, conduzidos pelas ideias político-econômicas do pensamento Marxista, preconizaram e preconizam o “fim do capitalismo”.

Ou seja, preconizaram e preconizam que, seguindo-se um processo dinâmico fabric e/ou naturalmente dialético da história, a “sociedade política” capitalista seria e/ou será também, naturalmente, incorporada pela “sociedade civil”, dando-se origem, assim, à uma “sociedade dita perfeita”, sem periods, na qual todos os homens excluídos, nela, finalmente estariam livres das “injustiças e/ou desigualdades sociais.”

O que se evidencia, entretanto, é que, historicamente, o capitalismo, apesar de passar por inúmeras crises e por ser também um sistema político econômico cuja sua classe e/ou grupo social tem, por natureza, como princípio, desagregar mais membros do que propriamente agregar, sempre manteve a sua hegemonia.

Isto é, ele (o capitalismo), contrariando as teses Marxistas sobre o seu suposto fim, por outro lado, segundo as já primeiras análises político-econômicas do Italiano Antonio Gramsci, a partir do século XX, Trouxe também consigo a chamada “Hegemonia”, fazendo-se com que - por meio do caráter ideológico dela - se paralisasse e não somente condicionasse a “dialética ordinary da história”. Ou seja, fazendo-se com que, ele, o próprio capitalismo, enquanto sociedade política, por meio da ideologia, permanecesse como classe dominante e não fosse incorporado pela “sociedade civil”, no sentido visionário de Marx (tese segundo a qual, como já mencionado, mas que aqui também vale reiterar, o mesmo se dissolveria, dando-se origem à chamada “sociedade perfeita e/ou sem classes”).
II
Nesse sentido, o objetivo do nosso trabalho é realizar um estudo sobre as problemáticas a respeito das relações ideológicas entre a aqui chamada “Sociedade dos ricos sem dinheiro” e o capitalismo, na medida em que, este último, enquanto sociedade política tem, nas sociedades ocidentais capitalistas pós-modernas, sistematizado e difundido no imaginário sociocultural do proletariado, (sob a forma de valores e princípios por estes internalizados) os ideais e/ou as suas ideias, cooptando-os, sem, todavia, nesse mesmo processo ideológico, socializarem e/ou redistribuírem também os meios materiais de produção social de existência.
Essa, para nós, evidencia-se como sendo uma das mais radicais e, ao mesmo pace sutis, formas de hegemonia capitalista presente no século XXI.
III
Por esta through - como veremos mais aprofundadamente ao longo do nosso trabalho - são dois os aspectos essenciais, enquanto premissas epistemológicas, que definem e/ou qualificam os membros pertencentes à essa chamada “Sociedade dos ricos sem dinheiro”, presente nas sociedades capitalistas ocidentais pós-modernas, a saber:
1-O fato de os indivíduos pertencentes a ela, à essa “sociedade dos ricos sem dinheiro”, estarem sempre, através do uso alienado e/ou viciado de créditos bancários, “aumentando quase sempre o poder de consumo sem, todavia, nesses mesmos processos, aumentarem também às suas rendas”, tornando-se, assim (enquanto um grupo significativo de indivíduos pertencentes à chamada população ativa) “escravos assalariados do capital”, ou seja, sendo colocados, pela ideologia do capital, na qualidade alienada e desumanizada de escravos-proletários, vendendo as suas forças de trabalho apenas para pagarem, na primeira through:
a-Altas taxas de impostos aos governos capitalistas e, na segunda:
b-Altas taxas de juros às elites econômicas (bancos, instituições financeiras, etc.).
2-O fato de, os mesmos, enquanto excluídos sociais, verem ainda no dito “sucesso escolar” e/ou no acesso ao nível dito greater uma das e/ou a maior das possibilidades (ideologicamente pregada pelos capitalistas) de alcançarem a “mobilidade social ascendente”, ou seja, de se alcançar a ascensão social pela through do alto grau de estudo e/ou do acesso aos cursos de graduação e de pós-graduação.

Show description

Read or Download A SOCIEDADE DOS RICOS SEM DINHEIRO: IDEOLOGIA, HEGEMONIA CAPITALISTA E O MITO DO SUCESSO ESCOLAR (Portuguese Edition) PDF

Best other_2 books

Read e-book online Colie the Coal Elf PDF

This is often the 1st interactive story of Colie the Coal Elf, a precocious little Christmas elf in Santa's workshop.

New PDF release: Learning MIT App Inventor: A Hands-On Guide to Building Your

With MIT’s App Inventor 2, an individual can construct entire, operating Android apps—without writing code! this entire instructional might help you do exactly that, whether you have got completely no programming event.   in contrast to books occupied with the out of date Google model, studying MIT App Inventor is written from the floor up for MIT’s dramatically up-to-date model 2.

Oracle Database 12c Security (Database & ERP - OMG) - download pdf or read online

Most sensible Practices for accomplished Oracle Database SecurityWritten by way of well known specialists from Oracle's nationwide safety workforce, Oracle Database 12c safeguard presents confirmed strategies for designing, imposing, and certifying safe Oracle Database structures in a multitenant structure. The options also are appropriate to standalone databases.

Read e-book online Bread Making: Improving Quality (Woodhead Publishing Series PDF

There was a wealth of contemporary learn at the complicated adjustments enthusiastic about bread making and the way they impact the various qualities shoppers use to outline caliber. Bread making: bettering caliber sums up this key learn and what it skill for stronger method regulate and a greater, extra constant product.

Extra info for A SOCIEDADE DOS RICOS SEM DINHEIRO: IDEOLOGIA, HEGEMONIA CAPITALISTA E O MITO DO SUCESSO ESCOLAR (Portuguese Edition)

Sample text

Download PDF sample

A SOCIEDADE DOS RICOS SEM DINHEIRO: IDEOLOGIA, HEGEMONIA CAPITALISTA E O MITO DO SUCESSO ESCOLAR (Portuguese Edition) by CLEBERSON EDUARDO DA COSTA


by Mark
4.2

Rated 4.80 of 5 – based on 30 votes